sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

No JARDIM DE INFÂNCIA DA PORTELINHA N2

Para assinalar o 

Dia Europeu sobre a Proteção de Crianças contra a Exploração Sexual e o Abuso Sexual 


as Educadoras desenvolveram atividades com as crianças sobre o tema: "Kiko e a Mão - AQUI NINGUÉM TOCA!"





sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Dia Europeu 
para a Proteção das Crianças 
contra a Exploração Sexual 
e os Abusos Sexuais

          O Conselho da Europa decidiu estabelecer o dia 18 de novembro como Dia Europeu para a Proteção das Crianças contra a Exploração Sexual e os Abusos Sexuais, no contexto da Estratégia daquela organização para os direitos da criança (2012-2015).
        Os objetivos do Dia Europeu são a sensibilização para os crimes de exploração sexual e abuso sexual e para a necessidade de prevenir tais atos, a promoção da ratificação e da implementação da Convenção de Lanzarote e a prevenção da estigmatização das vítimas.
        O Dia Europeu será marcado por atividades de sensibilização com o forte envolvimento da sociedade civil nos Estados membros. Estas medidas irão complementar as campanhas do Conselho da Europa já existentes, tais como a campanha “One in Five”.

Nos JARDINS DE INFÂNCIA DAS AREIAS E 

DA PORTELINHA

as Educadoras desenvolveram atividades neste âmbito com as crianças, que aderiram com gosto e dedicação, tendo adquirido os conhecimentos que se desenvolveram com o Livro digital "Kiko e a Mão - AQUI NINGUÉM TOCA!"




segunda-feira, 23 de novembro de 2015

AVISO À POPULAÇÃO: FRIO E VENTO FORTE



1. SITUAÇÃO 

No seguimento do contacto com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) realizado hoje, dia 20 de novembro, no Comando Nacional de Operações de Socorro (CNOS) da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), salienta-se para os próximos dias:

  • Acentuada descida das temperaturas, mas significativa amanhã (21/11) mantendo-se a tendência de descida para os dias seguintes, com máximas a rondar 6-9ºC nas regiões do interior e 10-15ºC nas regiões do litoral. As temperaturas mínimas a situarem-se abaixo dos 0ºC nas regiões do interior Norte. 
  • Vento a soprar moderado a forte (<45 Km/h) do quadrante Norte com rajadas da ordem de 80 a 85 Km/h, respetivamente no litoral Oeste e nas terras altas, até meio da tarde de amanhã (21/11). A tendência será para diminuição da intensidade do vento no domingo (22/11). 
  • Possibilidade de formação de gelo e/ou geada nos vales mais abrigados do interior. As características de tempo frio, associadas ao vento que se fará sentir aumentarão a sensação de desconforto térmico na população. 
Acompanhe as previsões meteorológicas em www.ipma.pt

2. EFEITOS EXPECTÁVEIS

Face à situação acima descrita, poderão ocorrer os seguintes efeitos:

  • Piso rodoviário escorregadio devido à formação de geada, em especial nas regiões do interior; 
  • Intoxicações por inalação de gases, por inadequada ventilação, em habitações onde se utilizem aquecimentos com lareiras e braseiras; 
  • Incêndios em habitações, resultantes da má utilização de lareiras e braseiras ou avarias em circuitos elétricos; 
  • É necessário especial atenção aos grupos populacionais mais vulneráveis, crianças, idosos e pessoas portadoras de patologias crónicas e população sem-abrigo.
3. MEDIDAS PREVENTIVAS 

A ANPC recorda que o eventual impacto destes efeitos pode ser minimizado, sobretudo através da adoção de comportamentos adequados, pelo que, se recomenda a observação e divulgação das principais medidas de autoproteção para estas situações, nomeadamente: 
  • Especial atenção aos aquecimentos com combustão (ex. braseiras e lareiras), que podem causar intoxicação e levar à morte; 
  • Que se assegure uma adequada ventilação das habitações, quando não for possível evitar o uso de braseiras ou lareiras; 
  • Que se evite o uso de dispositivos de aquecimento durante o sono, desligando sempre quaisquer aparelhos antes de se deitar; 
  • Que se tenha em atenção a condução em locais onde se forme gelo na estrada, adotando uma condução defensiva; 
  • Especial atenção por parte das famílias e vizinhos, e das redes sociais de proximidade, com as situações de pessoas idosas e em condição de maior isolamento. A Direcção-Geral da Saúde recomenda a adoção das seguintes medidas (www.dgs.pt): 
  • Que se evite a exposição prolongada ao frio e às mudanças bruscas de temperatura; 
  • O uso de várias camadas de roupa, folgada e adaptada à temperatura ambiente; 
  • A proteção das extremidades do corpo (usando luvas, gorro, meias quentes e cachecol); 
  • A ingestão de sopas e bebidas quentes, evitando o álcool que proporciona uma falsa sensação de calor; 
  • Especial atenção com a proteção em termos de vestuário por parte de trabalhadores que exerçam a sua atividade no exterior, e evitar esforços excessivos resultantes dessa atividade. 

sexta-feira, 20 de novembro de 2015



DIA 19 DE NOVEMBRO
DIA MUNDIAL DO COMBATE AO ABUSO INFANTIL




No ano de 2000 a Fundação Cúpula Mundial da Mulher (WWSF) lançou o dia mundial de combate ao abuso infantil que deve ser celebrado todo dia 19 de novembro. A data tem o objetivo de chamar a atenção para o problema do abuso infantil e para a necessidade de difundir programas que possam prevenir essas práticas. Neste ano participam cerca de 130 países.
O abuso infantil envolve diversos fatores, dentre eles a imprudência, violência física ou psicológica, imperícia e negligência por parte de um adulto ou pessoa mais velha. As práticas mais comuns envolvem a violência doméstica (fisica e psicológica) e o abuso sexual. Segundo os dados do Sistema de Informação para a Infância e Adolescência (SIPIA) no Brasil, de 1999 até 2007, foram registrados 28.840 casos de agressão física, 28.754 de violência psicológica e 16.802 de abusos sexuais.
  • Violência Física
A violência física é caracteriza pelo emprego da força física, com ou sem o uso de objetos (cintos, pedaços de pau, objetos cortantes)
  • Violência Psicológica
A violência psicológica ocorre quando o adulto constantemente deprecia a criança, bloqueia seus esforços de auto-aceitação causando grande sofrimento mental. Ameaças de abandono também podem tornar uma criança ansiosa e medrosa, representando formas de sofrimento psicológico.
  • Violência Sexual
É caracterizado abuso sexual infantil todo o ato ou jogo sexual envolvendo um ou mais adultos e uma crianças ou adolescente. Os dados revelam que os abusos na maioria das vezes são praticados por alguém da família ou próximo a criança.
Observar as crianças é a melhor forma de prevenir os abusos; baixa auto-estima, ansiedade, agressividade, timidez excessiva e depressão podem ser indicativos de que a criança está sofrendo algum tipo de abuso. Quem suspeita de que uma criança está sofrendo qualquer tipo de agressão deve encaminhar a denúncia para o Conselho Tutelar da cidade ou para o Ministério Público o mais rápido possível.

quarta-feira, 11 de novembro de 2015


EXPLICAÇÃO METEOROLÓGICA PARA O VERÃO DE S. MARTINHO



Todos os anos é (quase) sempre a mesma coisa. Chegam os primeiros dias de novembro, o outono é suspenso, o verão regressa. Já todos nos habituámos a estes devaneios meteorológicos e, na verdade, nem sequer nos importamos muito com eles. É-nos agradável sentir aqueles raios de sol improváveis e que já pareciam distantes. É o verão de São Martinho, o período quente a meio de novembro, que vem “quebrar o gelo” acabado de chegar. 

A explicação meteorológica

É então provável que esteja a ler este artigo debaixo de um Sol estival, depois de muita chuva, alguma tão intensa que provocou as cheias que inundaram o Algarve na semana passada. Lendas à parte (já lá vamos),há uma justificação meteorológica para o bom tempo que se faz sentir desde este fim de semana e durará mais uns bons dias (parece que chuva só quarta da outra semana, ou seja, 18): a atmosfera está a ajustar-se à nova estação do ano, a reequilibrar-se, conforme explica Ilda Novo, do Instituto Português do Mar e Atmosfera.
O período em que estamos corresponde, assim, a um intervalo de “flutuação meteorológica” entre duas estações: tivemos o verão, veio o equinócio de outono e agora a Terra prepara-se para o inverno. Ora, a atmosfera movimenta-se em função da energia solar que absorve e que depende da estação do ano. Durante o verão, a atmosfera terrestre absorve mais energia solar do que aquela que perde. Mas durante o inverno passa a acontecer o contrário. Entre um e outro momento, a atmosfera da Terra ajusta-se para garantir um equilíbrio energético e então podemos assistir a fenómenos atípicos para a época como este.
Como é que a atmosfera se reequilibra? Através dos fenómenos atmosféricos que determinam as condições meteorológicas, nomeadamente os anticiclones e as zonas depressionárias. Este reequilíbrio, que garante o balanço energético da atmosfera, tem como consequência o movimento de massas de ar. Em Portugal, como o anticiclone dos Açores ainda mantém a mesma posição que no verão e se assiste a um transporte de ar quente vindo do norte de África, recebemos o verão de S. Martinho de abraços abertos entre o final de outubro e meados de novembro.


quinta-feira, 5 de novembro de 2015


EM CASO DE SISMO


Os 3 gestos BAIXAR, PROTEGER, AGUARDAR estão largamente consensualizados entre a comunidade científica nacional e internacional como sendo a melhor resposta para nos podermos salvar em caso de sismo.

A TERRA TREME é um exercício que pretende alertar e sensibilizar a população sobre como agir antes, durante e depois da ocorrência de um sismo. O exercício ajudará a população a conhecer e praticar os 3 gestos que podem salvar vidas em caso de sismo.
BAIXAR
baixe-se sobre os joelhos, esta posição evita que possa cair durante o sismo, mas permite mover-se
PROTEGER
proteja a cabeça e o pescoço com os braços e as mãos e procure abrigar-se, coloque-se se possível debaixo da secretária ou uma mesa resistente, e segure-se a ela firmemente
AGUARDAR
aguarde até a terra parar de tremer

A Terra Treme 2015

Depois das cheias, Albufeira começa as limpezas


(clica aqui)

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

sexta-feira, 26 de junho de 2015

CONTROLO PARENTAL

Para encerrar a sua atividade neste ano letivo, o Clube da Proteção Civil publica o powerpoint que o professor António Morgado de E.F. apresentou numa sessão para encarregados de educação, sobre precauções a ter quanto à internet.
BOAS FÉRIAS!

www.avert.pt/docs/ControloParental_28Nov2014.ppsx


quinta-feira, 19 de março de 2015

Raios Ultravioletas


Os raios ultravioletas são radiações eletromagnéticas invisíveis. Estes raios fazem parte da luz solar que atinge o nosso planeta e são essenciais para a preservação do calor e a existência da vida. Porém, estes raios podem causar queimaduras, foto alergias, envelhecimento da pele e até cancro da pele.

É nos meses de Verão que a radiação UV é mais intensa. Deve ter‐se particular atenção quando o céu se apresenta nublado, porque permanecer debaixo de uma sombra de uma árvore ou de um guarda-sol, por exemplo,  não oferece suficiente proteção contra a radiação UV.






quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015


Tipos de incêndio/ Meios de combate 



Classe A
Ocorre em madeira, plásticos ou papel
Classe B
Fogo que atinge líquidos inflamáveis, como gasolina, solventes ou gordura
Classe C
São as chamas em fiações ou em equipamentos eletrônicos
Classe D
Propaga-se em metais inflamáveis, como magnésio ou titânio.