segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

FELIZ NATAL


Há mar e mar... há ir e não mais voltar...


Os cinco jovens desaparecidos - quatro raparigas e um rapaz - integravam um grupo de sete alunos da Universidade Lusófona que tinha alugado casa em Alfarim para passar um fim de semana naquela zona do concelho de Sesimbra e que foram arrastados por uma onda, na praia do Meco.

Um dos jovens arrastados conseguiu sair da água por meios próprios e alertar as autoridades para a tragédia que ocorreu cerca da 1.00 hora da madrugada de domingo passado e que provocou um morto, encontrado na manhã do mesmo dia, e cinco desaparecidos.

Sabias que:

A maré tem como causa a atracção gravitacional do Sol e da Lua. A influência da Lua é bastante superior, pois embora a sua massa seja muito menor que a do Sol, esse facto é compensado pela menor distância à Terra. Matematicamente a maré é uma soma de sinusóides (ondas constituintes) cuja periodicidade é conhecida e depende exclusivamente de factores astronómicos.

Durante as fases de lua cheia e lua nova, a Lua e o Sol estão alinhados e os seus efeitos se somam, trata-se das marés vivas. Observamos na tabela de marés o elevado coeficiente de marés que tem as marés quando ambos os astros se alinham.

Existe um comprovado aumento na atividade dos peixes quando ocorrem marés vivas, sobretudo se estas coincidem com o amanhecer ou com o ocaso, sendo estes os melhores dias para pescar.

Conselho do CLUBE:

Não te aproximes do mar mesmo que te pareça que as ondas estão calmas. De quando em vez vem uma vaga de ondas mais altas e que te podem apanhar desprevenido. Como tens visto nas notícias, nem mesmo o facto de estar acompanhado com um adulto ou até em grupo, te poderá salvar da força do mar. Por isso, contempla a beleza do mar, das ondas, do horizonte, ao longe, em segurança!

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

“Conhece os Sinais de Trânsito e Circula com Segurança”


 
No âmbito da Segurança Rodoviária, decorreu, na EB1 de Cabanas uma apresentação para todos os alunos da escola, que esteve a cargo dos alunos do 4ºB. Esta apresentação/dramatização ocorreu no dia 3 de dezembro e teve como tema “Conhece os Sinais de Trânsito e Circula com Segurança”. Os alunos do 4ºB, previamente, pesquisaram sobre sinais e regras de trânsito a cumprir e elaboraram uma apresentação com os sinais de trânsito e com dramatizações de situações diversas. No final da apresentação interagiram com os colegas que lhes colocaram questões às quais responderam prontamente, pois tinham a lição bem estudada.

A abordagem ao tema foi um sucesso. Os alunos do 4º ano transmitiram os seus conhecimentos acerca do tema aos colegas, de uma forma apelativa e interativa.

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Madeira passou a aviso VERMELHO





A Proteção Civil da Madeira está em alerta. O mau tempo já afetou o tráfego aéreo deixando 2.000 passageiros em terra. A agitação marítima também já causou danos em barcos.


A situação mais complicada deu-se no cais de Santa Cruz onde algumas embarcações não resistiram à ondulação e se afundaram. A forte agitação marítima em toda a costa sul da ilha da Madeira destruiu hoje 14 embarcações e provocou avultados danos materiais, disse à agência Lusa o comandante da Zona Marítima da Madeira (ZMM), Marques Félix.


Há também registo de ondulação forte no porto de abrigo do Machico, na marina e no porto do Funchal. De acordo com as previsões meteorológicas, as ondas podem atingir os cinco metros. No porto do Funchal o acesso aos navios de cruzeiro está interdito e alguns turistas que esta tarde saíram para visitar a cidade não puderam regressar aos navios e terão de passar a noite em hotéis. Já foram registados ventos a rondar os 140 quilómetros por hora e o caudal das ribeiras está a aumentar. Os bombeiros já tiveram de cortar algumas árvores e algumas estradas estão fechadas ao trânsito.


domingo, 8 de dezembro de 2013

CONSIDERAÇÕES SOBRE A COR DOS AVISOS DA METEOROLOGIA

Ao IPMA compete assegurar a Vigilância Meteorológica e emitir Avisos Meteorológicos sempre que se prevê ou se observam fenómenos meteorológicos adversos.

Esta página de Avisos tem por objetivo avisar as Autoridades de Proteção Civil e a população em geral para a ocorrência de situações meteorológicas de risco, que nas próximas 24 horas possam causar danos ou prejuízos a diferentes níveis, dependendo da sua intensidade.

Os Avisos são emitidos à escala distrital para diferentes parâmetros meteorológicas, segundo uma tabela de cores, que reflete o grau de intensidade do fenómeno.

As cores apresentadas devem ser interpretadas da seguinte forma:

 

Cinzento
Informação em actualização.
 
VerdeNão se prevê nenhuma situação meteorológica de risco.
 
AmareloSituação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.
Acompanhar a evolução das condições meteorológicas.
LaranjaSituação meteorológica de risco moderado a elevado.
Manter-se ao corrente da evolução das condições meteorológicas e seguir as orientações da ANPC.
VermelhoSituação meteorológica de risco extremo.
Manter-se regularmente ao corrente da evolução das condições meteorológicas e seguir as orientações da ANPC.


Os Avisos são emitidos em relação às seguintes situações: vento forte, precipitação forte, queda de neve, trovoada, frio, calor, nevoeiro persistente e agitação marítima.

Tendo em conta as diferentes características dos fenómenos meteorológicos, incidência e efeitos causados, foram estabelecidos Critérios de Emissão para cada situação.

No caso de se emitir Aviso para dois ou mais parâmetros meteorológicos distintos, por exemplo, vento e precipitação que tenham diferentes níveis de Aviso, o distrito aparecerá com a cor referente ao parâmetro que tem o risco mais elevado e com o respectivo pitograma. Clicando sobre o distrito aparecerá a informação referente ao segundo parâmetro.

Para se ter acesso a mais informação sobre o Aviso deve consultar-se cada distrito e Ilhas referenciados ao lado dos mapas.

Perante a emissão de Avisos Meteorológicos deverão ser consultadas as recomendações e medidas de auto-proteção difundidas pela Autoridade Nacional Proteção Civil (ANPC) e no caso de situação de Frio ou Calor da Direção Geral de Saúde (DGS).

SEIS DISTRITOS SOB AVISO AMARELO


Seis distritos do país estão sob aviso amarelo devido à persistência de valores baixos das temperaturas mínimas, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

 
O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) informa, este domingo, que o distrito de Bragança vai estar sob aviso amarelo até às 09.59 horas de terça-feira, enquanto nos distritos de Aveiro, Leiria, Lisboa, Setúbal e Évora o aviso manter-se-á até às 09.59 horas de segunda-feira.

O aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, pressupõe situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê para este domingo em Portugal continental céu pouco nublado ou limpo, vento fraco (inferior a 15 km/h) e neblina ou nevoeiro matinal no nordeste transmontano e em alguns vales e terras baixas.

Espera-se ainda um acentuado arrefecimento noturno com formação de geada, em especial nas regiões do interior, e uma pequena descida da temperatura máxima.

Para os Açores, prevê-se períodos de céu muito nublado e aguaceiros fracos. Já para o arquipélago da

Madeira estará sob aviso amarelo a partir de terça-feira

Nas regiões montanhosas, os ventos poderão soprar até aos 110 quilómetros/hora.

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

 
O frio não dá tréguas e veio para ficar. As baixas temperaturas vão continuar pelo menos até ao dia 15, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera, que prevê tempo seco por todo o País. Já a chuva está, portanto, de férias nos próximos dias.
"O início da semana continua a ser de tempo seco, com sol e frio. As temperaturas mínimas são abaixo do normal para esta altura. Esta situação deve-se uma massa de ar frio proveniente de um anticiclone localizado nas ilhas britânicas, e que se estendeu à Europa central", explicou ao CM a meteorologista Maria João Frade.
Pergunta CM
Prefere frio ao calor?
Pergunta CM
Prefere frio ao calor?
38.4%
http://www.cmjornal.xl.pt/imgsSondagem/Icone_AFavor.png
61.6%
http://www.cmjornal.xl.pt/imgsSondagem/Icone_Contra.png
Novembro foi um mês muito seco e a ausência de chuva não é habitual. Para hoje estão previstos quatro graus negativos em Bragança e -2 graus na Guarda. Já em Lisboa e no Porto são esperados 14 graus de máxima. Em Faro a temperatura será mais amena, com 16 graus. Mas frio de bater o dente será sentido em particular na serra da Estrela, onde no próximo domingo estarão sete graus negativos.
As temperaturas muito abaixo do normal levam a Direção-Geral da Saúde a recomendar o consumo de bebidas quentes e o uso de roupa quente. Sair à rua obriga, portanto, a levar gorro e luvas.